domingo, 28 de fevereiro de 2010

ENELYNE


És o que sou

Temo por ti

Pois recordo os caminhos

Nos quais me feri

Mas se te vejo forte

Creio que a sorte

Olhou-me enfim

Me vem a certeza

Que encontrarás o teu norte

E serás bem feliz

Me encho de orgulho

Em ver-te assim

Já não temo a morte

Pois plantei-te semente

E viverás por mim.

(Ivana Lucena)

3 comentários:

elora disse...

Não gostei do final, ela não pode substituir você '-'... tipo, ninguém pode. :D'
amei muito.. minha mãe linda *-*

Voltrotz disse...

Elora é biesta kkk

Mãe, amei muito a poesia, fico muito feliz por se orgulhar de mim... como diz o ditado "o melhor aprendiz é aquele que supera o mestre"
I GO BABY!


^^

(te amo minha poetisa favorita!!!)

way to heaven disse...

eu quero uma poesia tbm ^^

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...