terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

NOSSO CAMINHAR


Tem pessoas que erram bastante na vida e aprendem com seus erros. Saem as vezes muito machucadas, mas conseguem se reerguer, dar a volta por cima e se tornarem melhores. Seguem em frente.


Tem pessoas que erram e nunca aprendem nada. Continuam a vida inteira repetindo os mesmos erros, caindo nos mesmos buracos, sem nunca aprender a desviá-los. Essas, passam pela vida sem evoluir, caminham em círculos.


Tem pessoas que de longe percebe os obstáculos, buscam alternativas de superá-los sem deixar-se atingir por eles, desviam-se dos buracos, servem de guia para os que caminham ao seu lado.

Seja qual for a nossa forma de caminhar o importante é ter o objetivo de a cada passo nos tornarmos pessoas melhores e mais sábias do que éramos no inicio do caminho, cada vez sairmos mais ilesos das batalhas, cada vez mais atentos para nos desviarmos dos buracos, evitando as quedas e auxiliando aqueles que ainda não descobriram o caminho da evolução. E, se ainda assim, viermos um dia a tropeçar ou cair, temos que aprender a nos perdoar e dar-nos sempre uma nova chance para recomeçar a caminhada.

(Ivana Lucena)

2 comentários:

Priscila Rodrigues disse...

O erro é o único aprendizado que tenhos de concreto, se não erramos, não acertamos.

Será que deu pra entender meu raciocínio? Rs rs.. confuso, não?

Eu já errei tanto neta vida, querida, que se eu contasse daria um livro, e ainda erro.. mas os acertos são vitoriosos..

Beijos e prazer.

Ivana disse...

Concordo com o post antes do meu ^^ Há vários jeitos de se viver e aprender, acredito que existe claro duas alternativas muito claras. De certa forma há o aprendizado que aprendemos com outrens, na minha opinião é aquele que um alguém chega para nos e passa sua sabedoria através de um conselho, idéia, advertência e afins. Não acho que essa seja a melhor maneira, porque apesar de ser a mais segura (previne que passamos por algo desagradável), ela não faz com que tenhamos a oportunidade de sentir na pele um baque! Eu acho que a forma mais forte de se aprender algo é o empirismo, apesar de que ele é o modo mais doloroso, porém o mais eficaz! Quando alguém nós previne do perigo a gente acata, mas por vezes não entende o porque e pode acabar implicando em erros terríveis, já com o modo empírico... duvido alguém correr o risco de cometer a mesma coisa novamente, a não ser que por já ter uma idéia do que vai acontecer (por já ter passado por isso antes) possa mudar o resultado final. uhahuauhuahahuau. Sei lá. Acho que filosofei demais. XD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...