sábado, 31 de julho de 2010

REFLEXÃO SOBRE A MORTE


A morte

estranha sorte

para este ser

que nasceu para crescer

apto para evoluir

sensível para refletir

capaz de planejar o presente

e de construir o futuro

De que adianta ser maduro

se não compreendo a morte?

Causa da minha aflição

quando penso ser em vão

todo o caminho que andei

Eu que cunhei relações

que cultivei afeições

que ao mundo me apeguei

Refletindo essa inevitável sorte

essa estranha condenação

acredito que a vida só tem razão

se houver sentido para a morte

8 comentários:

Chimarrão disse...

Refletindo essa inevitável sorte

essa estranha condenação

acredito que a vida só tem razão

se houver sentido para a morte

POIS IVANA, CONCORDO COM TUAS CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO TEMA. SÓ SOU UM INDIGNACO DAS FORMAS DIVERSAS COMO ELA OCORRE. SE FOMOS FORJADOS A SEMELHANÇA "DELE" PORQUE OCORREM ATUALMENTE TANTAS E BRUTAIS MORTES. O SER HUMANO NÃO VEIO A ESSE MUNDO - APESAR DE PASSAGEIRO - PARA SER UNGIDO COMO FILHO E DESFRUTAR DAS BELEZAS QUE ELE OFERECE?? O QUE ESTÁ HAVENDO COM ESSE SER QUE TEM EM SEU SEMELHANTE UM ESTRANHO? PORQUE TEMOS QUE SER VALORADOS COMO O TER E NÃO O TER?? TENHO MUITAS DÚVIDAS E COM ELAS MINHA CRENÇA ESTÁ MUITO ANUVIADA. ABRAÇOS!!!

Chimarrão disse...

CORRIGINDO: "indignado" e "porque temos que ser valorados como o ter e não o ser???". Desculpe os erros, é a rapidez que me atropela por vezes!!

Ivana Maria disse...

Acho muito difícil acreditar que nascemos somente para sobreviver uns miséros anos, lutando e muitas vezes sofrendo para nada.
Prefiro crer que há realmente um motivo para a nossa presença aqui e uma prestação de contas de tudo o que fizemos. Creio do meu modo, em um poder maior que foge á nossa compreensão e que uns simploriamente, felizmente, ainda respeitam e teme chamando de pai.

EdNiCe disse...

Não sei se a vida só tem sentido, se houver sentido à morte. Queria que a vida fizesse sentido por si mesma, ou que pudéssemos dar-lhe este sentido sem tanto medo dos desigíos do Pai -Pai que muitas vezes nos foi ensinado como um senhor feroz, absoluto, vigativo e temeroso. Hoje já lastimo saber um pouco mais do que aos vinte e não ter mais a mesma disposição física, esperança dos vinte. E se a vida fosse a de Benjamin Button, o filme vindo do belíssimo conto de Scott Fitzgerald? Na verdade, fazemos todos como o verso de Cecília Meireles: Ando à procura de espaço para o desenho da vida".

José disse...

Olá Ivana!

Gostei muito do seu blog,especialmente do seu perfil.
Também acredito

"Refletindo essa inevitável sorte

essa estranha condenação

acredito que a vida só tem razão

se houver sentido para a morte"


Deixo os meus cumprimentos,
José.

Tathyana varela disse...

Adorei Ivana,
muito interessante o texto,parabéns de novo !
realmente,que sentido teria a vida se fossemos imortais ?!

ass: Tathyana Varela

Jeanne disse...

Ivana querida, tua poesia oferece muitas reflexões...
A vida em si já tem muitos sentidos, mesmo quando a gente não percebe. Dedicar-se a descobri-los, pacificar-se com a vida, é estar pronto para a morte...
Beijos :)

Dira disse...

Olha Ivana, a principio quero te dizer que é um tema bastante complexo tendo em vista as mais variadas crenças e opiniões das pessoas. Eu particularmente, como cristã, tenho a biblia sagrada como regra de fé e prática. E sabemos que Deus criou um homem reto em seus princípios, e isso lhe daria a dádiva de ser um "eterno" como Deus. Porém, no dia em que este homem resolveu desobedecer ao seu soberano criador, aí o percurso da sua história mudou. Infelizmente, porque a biblia relata da satisfação do criador quando criou o homem à sua imagem e semelhança. Mas, apesar dessa queda do homem, Deus usou de misericórdia pra humanidade e criou um plano perfeito e especial para que nós continuássemos tendo acesso a Ele. E nesse novo plano em que o seu filho Jesus Cristo é o autor da vida, Ele nos traz a esperança de estarmos para sempre com Ele numa nova vida após a morte física, que temos por certo. Existe um processo nessa promessa, garantida por Ele e que é bem racional, precisamos
plantar o bem aqui, para colhermos frutos bons. Se a plantação for boa, com certeza a colheita é maravilhosa. Acho fantástica esta regra de Deus, como está escrito: "aquilo que o homem semear, isso também ceifará" Gl. 6:7. Voltando pra o enfoque da outra vida, Jesus disse certa vez que Ele é a ressurreição e vida, ainda que muitos estejam mortos viverão, os que morrerem com Cristo. Portanto, é preciso acreditar que existe um lugar após a morte física. A condição para chegar lá, depende de cada um de nós fazer o melhor pra Deus e para o nosso próximo.
"Não procedas como se fosses viver milênios, o fim pesa sobre tí, enquanto vives fazes uma coisa boa".(esse foi o tema do vestibular do ano de 1982).
É isso, vamos viver essa etapa de vida como nos foi concedida, e o futuro vamos ter que experimentar, já estamos destinados a isso.
Eu falei Ivana, é complexo, mas, estou tentando contribuir com suas questões polêmicas. Um grandeeee beijooooooooo!!!!!!!!!!! Dira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...