sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

"TAVA COM SAUDADES DE VOCÊS"



Já tem um tempo que eu não escrevo no Blog, nem leio nada na internet.  Os motivos da minha ausência tão prolongada foram vários, entre eles o mais óbvio, estava sem conexão. Eu não pensei que sentiria tanta saudade daqui

 Descobri que a “Blogosfera”, como se diz por aí, é um grande clube que você passa a frequentar e constrói muitas amizades. Conheci pessoas lindas, maravilhosas, que se tornaram muito queridas para mim. Reencontrei outras. Pessoas inteligentes e humildes, essas me marcaram e tornaram-se o motivo principal de eu estar sempre vindo ao “Clube”.

Acontece que a gente sempre vem ao Clube do Blog carregando algo para mostrar aos outros e também curiosos e solidários para ver o que estes têm para mostrar. Antes de descobrir essa dinâmica eu escrevia mais a vontade, sem me preocupar muito com a opnião de outros escritores. A maioria das coisas eram desabafos pessoais, às vezes em forma de poesia, e alguns conselhos de mãe para os jovens. Comecei a pesquisar mais e mais Blog e a reparar nos estilos de cada um. Comecei a compará-los ao meu e de repente passei a acreditar que eu não tinha um estilo próprio, quer dizer, único. Ou seja, o meu Blog não tem um foco. Eu falo de tudo. Vou desde a receita de suflê de peixe (depois eu passo essa pra vocês), à questões de intimidade com Deus ou problemas de homossexualismo, sei lá.

Embora tudo isso seja bem eu. Quer dizer, é a minha cara, mesmo.Eu nunca consegui tornar-me “especialista” em nada, sempre fui assim, “Clínica Geral” (rsrsrs). Mas passei a cobrar de mim algo que acreditava ser necessário transformar. O que consegui com tudo isso foi me travar. Não saia mais nada, nem receitas, nem poesias, nem conselhos, nem  as minhas divagações, nada.

Taí o que eu consegui! Pois bem, a partir de agora eu vou ser mais paciente comigo mesma. Vou continuar escrevendo o que me der na telha. Quem quizer ler, que leia. Se gostarem ótimo, se não, o importante é que eu gostei de escrever. Continuarei lendo vocês todos e aprendendo mais. Vou juntando pedacinhos queridos de todo mundo e absorvendo em mim. É assim que eu sou, meio criatura de Frankstein, um retalho de todos as experiências e aprendizagem. Mas tenho uma estampa bonita, eu acho. Penso que no fundo, todo mundo é um pouquinho assim também, uns com mais retalhos, e outros mais inteiros.

 Amo vocês, de verdade, a final fazem parte de mim agora. Saudades de todo mundo. Não citarei nomes, pois a lista é longa e eu posso correr o risco de deixar alguém de fora (rsrsrs). Beijos. Logo farei visitas a todos.

9 comentários:

Ivana Maria disse...

Descobri que tem mais gente do que eu preocupada em definir que tipo de Blog é esse ou aquele. Esse assunto já virou até tese de Universidade.
Acho que em uma dessas encontrei uma definição para o meu Blog:

Alex Primo
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
“...blogs pessoais serão aqui compreendidos como um, e apenas um, dos possíveis tipos de blogs.

Trata-se de uma produção individual, mas que diferencia-se dos blogs profissionais, por não ser guiada por objetivos e estratégias bem definidos e em consonância com o trabalho do autor. Pelo contrário, as principais motivações que movem o blogueiro são o prazer de expressar-se e interagir com os outros.”

Ele tava ou não tava falando do meu Blog? (rsrsrs)

Néia Lambert disse...

Não se preocupe com estilo Ivana, o importante é estar por aqui sempre, senti sua falta, espero que não fique ausente novamente.
Beijos

elora disse...

Acho que você apesar de variar muito os assuntos eu adoro os textos mas isso não é só nos textos é na vida real também, adorei mais um texto seu mãe... nunca mude pelos outros, te amo ♥

Remédios disse...

Olá amiga! Que bom que está de volta.Você faz uma falta danada, sabia? Seu blog é maravilhoso justamente por ser assim do seu jeito, sem seguir nenhum modelo.Seus textos são únicos e pessoais,você fala de suas experiências reais, às vezes de forma poética... e isso nos encanta e nos ajuda muito.Deus lhe conserve sempre assim.Um grande bj no coração.

Célia Buarque disse...

Deixou saudades, ainda bem que voltou! O meu blog era só para os meus trabalhos acadêmicos mas também virou uma colcha de retalhos e um local onde escrevo o que quero, quando quero e para quem quiser kkkk ler. Tive essa sua preocupação e a princípio até disse que iria organizar mas tava dando o maior trabalhão então deixei prá lá. Bem vinda aos nossos Blogs "de tudo um pouco".

Chimarrão disse...

Sabe Ivana! Me preocupei quando li essa sua postagem. Do seu desaparecimento repentino, que por outros motivos colocaste a falta de conexao. Será somente com a máquina?? Por favor, não suma, pois teus artigos são muito interessantes, ainda mais que saem de você, com uma análise muito legal dos fatos e colocações reais e bem concatenadas. Gosto muito de te ler, mas o meu mal é a falta de tempo. Gostaria que me mandasse um recadinho sempre que puderes e tiver algo que julgues interessante de ler e ser comentado. Bem acho que tudo merece um comentário né??? Sabe que desde que nos conhecemos virtualmente ficamos ligados umbilicalmente pelas mensagens lindaqs, comentários equilibrados e com muitas necessidades de ser refletidos por cada um. Enfim, foi bom conhecer mais essa amiga que de longe trás coisas e fatos que nos aproximam. Gosto de ter vc como amiga, seguidora e leitora e desejo que não te desconectes mais hein!!!

grande abraço

chimarrão

www.blogdochimarrao.blogspot.com

vovo cibernetica disse...

Ivana ,não mude seu estilo de escrever, voce é uma exelente escritora, seu blog é maravilhoso ñ pense em agradar ou que ñ agrada, suas postagens são ricas em conhec imento, eu tenho aprendido muito com vc . Continue assim .

Dira disse...

Interessante!!! Eu senti sua falta de verdade. Mas, não sabia que vc estava com esse grilinho na cabeça. Amiga, seus textos são maravilhosos, inteligentes e interssantes. Quando leio alguns, fico anciosa pra poder compartilhar com algum pensamento, idéia, um ponto de vista, enfim, gosto de opinar. Porém Ivana, sabia que fico meio receiosa de falar asneira, porque vc escreve muito bem, com muita inteligencia e precisão das coisas. Devagarzinho eu vou colocando minhas opiniões subjetivas, espero que eu esteja contribuindo com alguma coisa. Eu gosto de escrever, o problema é que, acho que meu esposo, meu filho caçula e mesmo outras pessoas como vc, escrevem muito bem, e aí acho que não me saio muito bem. Mas, vou continuar escrevendo e comentando esses assuntos que vc coloca pra nós. Gosto muito da sua riqueza nos detalhes.
Continue essa pessoa natural que vc é, escrevendo, como vc disse, o que lhe der na telha. Não se preocupe, serei sua leitora sempre. Bjocassssss!!!!!!

Ivana Maria disse...

Meu Deus, quanto carinho! A recíproca é honestamente verdadeira. bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...