sexta-feira, 29 de junho de 2012

O HOSPITAL DAS PROPAGANDAS X O HOSPITAL DA VIDA REAL


Gente, confesso que repasso muitas vezes às críticas à prefeita de Natal, Micarla de Souza, veiculadas pela internet, movida mais pela admiração à capacidade criativa dos brasileiros de produzir humor à partir das suas próprias desgraças.

Não é do meu feitio gostar de desmoralizar ninguém, ainda que essa pessoa já faça isso por si mesma.

Mas, também não é do meu feitio observar passivamente as injustiças e as mentiras proferidas por alguém para enganar os outros.

Quando comecei a ver na televisão as novas propagandas da prefeitura municipal de Natal, mostrando a beleza e a perfeição dos hospitais da rede publica eu fiquei realmente confusa.

Acontece que há menos de um mês, eu estive em um desses hospitais administrados pela prefeitura e o que assisti lá foi exatamente o inverso do que se apresenta nas propagandas.

O hospital do qual estou me referindo é o Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas. Tão antigo e maltratado quanto a comunidade onde está inserido. Em meio às ruas esburacadas e cheias de lamas, cercado por barracos e casebres, envolto ao cheiro de peixe apodrecido vindo do porto, recebe pessoas de todos os bairros da cidade em busca de alívio para as suas dores e sofrimentos.

Pesquisando sobre o hospital, na internet, encontrei matérias do ano de 2009 denunciando o descaso e as condições precárias das instalações. Nada me pareceu mudar, o quadro que vi era o mesmo: Gente demais, funcionários de menos; pessoas atendidas pelo corredor; paredes mofadas, com infiltrações; demora no atendimento; soros pendurados em pregos pelas paredes ou segurados pelas pessoas por não ter suportes suficientes para coloca-los e ainda, funcionários atendendo mal-humorados, visivelmente chateados pela condição de trabalho.

Então eu me pergunto que hospital limpo, espaçoso e eficiente é aquele mostrado na propaganda? Será que o povo está preferindo ser atendido no Hospital dos Pescadores porque gosta de sofrer, abrindo mão de hospitais de excelências como os da propaganda?

Qual é a verdade dessa história? Quem está mentido?

Se a prefeitura apresenta imagens para comprovar a beleza da rede publica hospitalar eu também apresento as imagens captadas durante a minha triste experiência de passar quase um dia inteiro tentando um atendimento médico para uma amiga.

Enfermeira demonstrando como deve ser segurado o soro por não dispor de suporte para colocá-lo
Pacientes com dor e com ferimentos, tomando soro, dividindo um banco de madeira no corredor.


A sorte de quem achou um prego na parede para pendurar o soro.
Soro pendurado no prego da janela e aparelho coletivo de inalação  no corredor.


4 comentários:

Jeanne Geyer disse...

Muito bom, alguém tem que começar a denunciar a pouca vergonha que está acontecendo com a educação. posso colocar no face com os créditos?

adorei te ver no novo blog. Se o problema de comentário foi no blog espirita, é pq desativei, com três para administrar fica mais complicado. Então os amigos podem escolher os outros dois.
Deixei lá no espirita um mural para sugestões, sempre que quiseres para deixar um recadinho podes usar.
bjs

Jeanne Geyer disse...

voltei, de tanto me fixar em educação errei no comentário acima. favor substituir por saúde. e o problema é geral, aqui está um caos...

Ivana Maria disse...

Jeanne, acho que você pensou em educação também pelo fato de eu, enquanto educadora aqui em Natal/RN viver também fazendo constantes críticas no Blog com relação ao tratamento que esse setor vem tendo por parte dos nossos governantes locais. Agradeço a sua participação e fique sempre a vontade para levar daqui o que considerar oportuno ser exposto para mais pessoas. Faço o mesmo com os seus escritos (pode conferir em cmeisal.blogspot.com. Um beijão.

Remédios disse...

Oi amiga linda!
Sabe de uma coisa? quando vi sua postagem, me senti em casa e até pensei: Ivana está mostrando alguns hospitais de Fortaleza - que semelhança amiga. Parece que essa pouca vergonha é comum a várias regiões do país, né mesmo?
Aquí também é assim, com vários hospitais grandes, alguns bonitos por fora e totalmente sem estrutura pra atender a população carente que precisa de atendimento médico , neste hospitais. O povo cobra mas "eles" não se importam com essas coisas não...o único interesse deles é pessoal...ficarem ricos através do sofrimento do povo. VERGONHOSO E MONSTRUOSO... BJSSSSS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...